aba_autismo_rotina_link_psicologia

Você sabia que podemos usar atividades rotineiras como o momento do banho, da troca de roupa e da alimentação para ensinar e fortalecer o aprendizado de nossas crianças? Já é sabido que as crianças aprendem melhor quando estão motivadas e envolvidas afetivamente, e que as atividades rotineiras são ótimos momentos de troca afetiva entre a criança e o adulto! E como os pais e cuidadores podem fazer essa estimulação?

Em primeiro lugar, preste atenção às iniciativas de interação de sua criança! Imite comportamentos realizados por ela. Por exemplo, durante o banho, sua criança pega um brinquedo de interesse e começa a jogar água para cima com ele, ao mesmo tempo em que realiza um som. Aproveite esse momento e inicie uma brincadeira com ela. Brinque você também com o brinquedo e com a água, imite o som produzido por sua criança!

É primordial que a criança esteja atenta à interação para que possa aprender! Dessa forma, use e abuse dos materiais preferidos por sua criança para engajá-la em brincadeiras diárias! Por exemplo, enquanto estiver trocando a roupa do seu filho, se engaje em brincadeiras de cócegas com ela (se isso for uma atividade que ela gosta), e aproveite para ampliar seu vocabulário receptivo! Por exemplo, peça para ela escolher a blusa com o seu personagem preferido entre algumas opções!

Quanto mais sua criança for capaz de aprender no ambiente natural, com reforçadores naturais às atividades que ela realiza (por exemplo, sentir e ver a água caindo durante o banho, pegar a blusa preferida), mais espontâneo e eficaz será o seu aprendizado! Quando sua criança se mostra ativa no ambiente, provavelmente ela está aprendendo mais do que quando se apresenta apenas de forma passiva.

Portanto, imite as atividades, gestos e sons da sua criança! Assim, ela vai prestar mais atenção em você! Uma criança atenta tem mais prontidão para aprender! Assim, se sua criança, enquanto está trocando de roupa brinca de esconder e de achar, aproveite esse momento para se engajar nessa brincadeira! Fique atento ao que motiva sua criança durante suas atividades diárias! Assim o aprendizado ficará mais leve e prazeroso para todos!

Referência:

Schreibman, L., Dawson, G., Stahmer, A. C., Landa, R., Rogers, S. J., McGee, G. G., Kasari, C., Ingersoll, B., Kaiser, A. P., Bruinsma, Y., McNerney, E., Wetherby, A., Halladay, A. (2015). Naturalistic Developmental Behavioral Interventions: Empirically Validated Treatments for Autism Spectrum Disorder. Journal of Autism Development Disorder, 45, 2411-2428.

FacebookTwitterGoogle+