Todos sabemos que a família proporciona o primeiro – e mais importante! – contexto para o desenvolvimento humano, não é? Portanto, as relações familiares têm uma influência muito grande sobre a saúde mental das crianças, pois são elas que delimitam estabelecimento de limites, comunicação, ensino de responsabilidades e expressão de afeto, que são comportamentos essenciais para um desenvolvimento saudável. Sem contar que, geralmente, os pais …
Trabalhando com crianças com autismo no nosso dia-a-dia percebemos que elas possuem dificuldades para realizar algumas atividades, tanto em casa quanto na escola. Muitas delas não conseguem ou não sabem como interagir com outras crianças, outras tantas têm dificuldades nas tarefas de sala de aula como colorir, desenhar e escrever. Para que nossas crianças possam se desenvolver e superar suas dificuldades precisamos fornecer ferramentas para …
Aplicativos sobre filmes, músicas, jogos, redes sociais… Com tantos aplicativos surgindo, não podemos deixar de falar sobre eles. Para essa primeira postagem com este tema, resolvemos escolher 10 aplicativos que de fato utilizamos no trabalho com crianças autistas, e que têm mostrado resultados positivos. A maior parte destes aplicativos está em inglês, mas isso não é prejudicial em seu uso. Eles podem ser utilizados sem …
– A criança não aprende como deve se comportar: ao punir uma criança por determinado comportamento, mostramos a ela o que ela NÃO deve fazer, mas não ensinamos maneiras alternativas de se comportar. – Contaminação do ambiente: vários outros estímulos presentes no ambiente em que a criança foi punida podem adquirir função aversiva. Por exemplo: uma criança que recebeu uma palmada por não estar prestando …
Recentemente ouvi uma pessoa se posicionar orgulhosamente sobre o conceito de reforço: “Não uso esse tipo de intervenção”. Esse posicionamento é muito interessante, uma vez que explicita a aversão de algumas pessoas a este conceito da Análise do Comportamento.     A “má” notícia que temos em relação a isto é: “você usa o reforço!” mesmo que não queira, não concorde… Na verdade, as pessoas …
A palavra “reforço” geralmente é usada na nossa cultura remetendo às idéias de fortalecimento e de auxílio. Daí as expressões “reforço escolar”, reforço vitamínico”, dentre outras. Para a Análise Aplicada do Comportamento (ABA) o termo reforço pode ser definido como uma consequência que é apresentada ao indivíduo, diante de determinado comportamento, e que faz com que este comportamento tenha mais chances de se repetir no …
Discutindo os efeitos colaterais da punição No post anterior, nós falamos sobre a definição de punição. No entanto, em nossa experiência clínica, observamos que este tema é alvo de grandes discussões e dúvidas, o que frisa a importância de discutirmos os efeitos do uso da punição (de diversos tipos, tais como a punição física, a retirada de um objeto de interesse da criança, o castigo, …
Como vimos, comportamentos operantes produzem consequências no ambiente que aumentam ou diminuem a sua probabilidade de ocorrência futura. Quando as consequências enfraquecem o comportamento em sua frequência, duração e magnitude, dizemos que a resposta foi punida. Assim, punição pode ser definida como uma redução na probabilidade de ocorrência futura de uma resposta específica, como resultado da apresentação ou retirada imediata de um estímulo para aquela …
No texto que publicamos sobre a série “Autismo – Universo Particular” do Programa Fantástico (Rede Globo) explicamos alguns tratamentos para pessoas do Transtorno do Espectro Autista. Quanto mais cedo o diagnóstico for realizado, mais rapidamente pode-se intervir e estimular adequadamente essa população, propiciando um prognóstico melhor, uma vez que que nos primeiros anos de vida o ser humano possui maior neuroplasticidade para estabelecer novas conexões …
Alguns leitores devem ter acompanhado a série “Autismo – Universo Particular” do Programa Fantástico (Rede Globo), que abordou questões distintas relacionadas ao Transtorno do Espectro Autista. No terceiro episódio da série, discutiu-se sobre a orientação especializada para indivíduos portadores desse transtorno e para suas famílias. Como explicado pelo programa, para que o tratamento tenha resultados satisfatórios é importante adotar uma abordagem interdisciplinar, ou seja, diversos …
Voltar